Polícia Civil: Roubos em Santa Margarida podem ter envolvimento com assaltos no Catuné


Caso SANTA MARGARIDA: Polícia Civil deflagra Operação "LÚCIFER" em Divino e Carangola.

Num desdobramento da Ação que investiga o Grupo Criminoso responsável pelo Roubo a Banco ocorrido em Santa Margarida, que vitimou atualmente um Policial Militar e um Vigilante, a Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira, dia 26.07, a Operação "LÚCIFER". Ao todo foram cumpridos 9 (nove) Mandados de Busca e 3 (três)de Prisão, dentre esses mandados de prisão, um decretado pelo Poder Judiciário de Tombos. Um dos integrantes da organização criminosa é acusado de ter praticado assalto, com mais três pessoas, em Catune. Um dos Presos é considerado pela Polícia o líder do Grupo Criminoso, tendo arquitetado toda a ação criminosa que culminou com o trágico desfecho. Também foram cumpridas buscas na residência e no Escritório de um Advogado, que pode ter relação com o Grupo. A Polícia já identificou que o mesmo Grupo participou de ao menos outros 8 (oito) crimes na região, entre roubos a Bancos e Explosões de Caixas Eletrônicos. As investigações estão sendo realizadas em conjunto, pela Agência de Inteligência da 4a DRPC, e a Delegacia de Matipó, que abrange a cidade de Santa Margarida. Participaram da Operação de hoje Agentes das Delegacias de Divino, Muriaé, Espera Feliz, Manhuaçú, Abre Campo e Tombos, sob a coordenação dos delegados Felipe Ornelas (Delegado de Abre Campo), Paula Franco (Delegada de Espera Feliz), Tayrone Spindola (Delegado do Setor de Inteligência de Muriaé) e Diêgo Candian Alves (Delegado de Tombos).


Fonte: Polícia Civil de Tombos

Nenhum comentário:

Postar um comentário