Polícia Civil de Tombos cumpre mandado de busca e apreensão em Eugenópolis/MG


Na manhã desta quarta-feira, 24 de maio de 2017, após profícua investigação da 38ª Delegacia de Polícia Civil de Tombos, policiais civis da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Muriaé e da Delegacia de Tombos, coordenados pelo Dr. Diego Candian Alves, Autoridade Policial da Comarca de Tombos, cumpriram Mandado de Busca e Apreensão, expedido pela MM. Juíza de Direito da comarca de Tombos, em Eugenópolis - MG, residência pertencente a um homem, de 28 (vinte e oito) anos, alvo de denúncias de comercialização de veículos de procedência duvidosa, oportunidade em que, após consultas aos sistemas de informação da Polícia Civil/DETRAN, restou verificado que se tratava de veículos automotores funestamente subtraídos de seus proprietários no estado do Rio de Janeiro, sendo duas motocicletas de TRAXX/JL 50 Q2, cor azul, tendo um desses veículos sido furtado na cidade de Iguaba Grande - RJ e um motor do modelo Honda Bis C 100 acoplado a um ciclomotor da marca DAFRA, sendo que referido motor também havia sinalização de veículo furtado/roubado. 

Além dos veículos apreendidos foram arrecadados diversos documentos originais de notas de arrematação em leilões, assim como cópias repetidas destes e um aparelho celular Sony Xperia.
As investigações iniciaram na cidade de Tombos, tendo em vista que o suspeito, que é empresário e trabalha no ramo de venda de peças de veículos, vendeu dois veículos motocicletas para moradores do distrito de Catuné, sendo que tais veículos não poderiam trafegar em estradas, por terem chassis raspados. Um dos compradores encontrava-se na posse de uma cópia de uma nota de arrematação de leilão, entregue pelo suspeito à vítima, contudo, tratava-se de cópia referente à arrematação de outro veículo, diverso daquele que havia adquirido do investigado. Há indícios, também, de crime de estelionato, algo que está sendo investigado pelo delegado de Tombos. 

Configurada a conduta criminosa do desfavorecido do Mandado, foi-lhe dada Voz de Prisão em Flagrante pelos crime de Adulteração de sinal identificador de veículo automotor (art.311 do CPB) e receptação dolosa qualificada (art. 180§1º do CP) , sendo a ele informado de suas prerrogativas legais e conduzido à 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil para a confirmação do feito.

Fonte: Polícia Civil de Tombos

Nenhum comentário:

Postar um comentário