quarta-feira, 30 de março de 2016

Polícia prende suposto pedófilo em Pedra Dourada

A POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE MINAS GERAIS, por meio da equipe da 38ª Delegacia de Polícia de Tombos/MG, sob a coordenação da Autoridade Policial da Comarca de Tombos, Dr. Diêgo Candian Alves, Delegado de Polícia Classe Especial, deu cumprimento a um mandado de prisão temporária expedido pelo Juízo da Vara Única da Comarca de Tombos, em desfavor de um homem de 28 (vinte e oito) anos, suspeito de pedofilia contra a própria filha, menor de 09 (nove) anos, em Pedra Dourada/MG. Segundo as apurações preliminares, o homem abusava da menor, ao lhe tocar as partes íntimas do corpo, além de incitá-la a despertar sobre temas como gravidez e sexo, conversa típica de pedófilos para seduzir suas vítimas. A menor foi submetida à análise psicológica e ficou constatado indícios de que houve os abusos e que o próprio pai a abusava, quando ambos estavam sozinhos na casa da avó. O homem encontra-se acautelado no presídio de Tombos e à disposição da Justiça. "O período de prisão temporária é de 30 (trinta) dias, por ser crime hediondo, podendo ser convertido em prisão preventiva e o investigado será indiciado por crime de estupro de vulneráveis (art. 217-A do Código Penal) e, caso seja condenado, a pena privativa de liberdade mínima é de 08 (oito) anos e a máxima de 15 (quinze) anos, tendo uma majorante, já que o autor é pai da vítima", ponderou o Delegado de Tombos, Dr. Diêgo.

Fonte: Polícia Civil de Tombos - MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário