POLÍCIA CIVIL E MILITAR DE TOMBOS FAZEM A MAIOR APREENSÃO DE MACONHA NA HISTÓRIA DE PEDRA DOURADA


A 38ª Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Tombos e o 4º Pelotão da Polícia Militar de Tombos deflagrou, nessa manhã do dia 10 de junho de 2015, em Pedra Dourada/MG, a OPERAÇÃO ANTÍDOTO, na qual contou com a participação de policiais civis e militares bem como de testemunhas, 05 (cinco) viaturas, comandada pela Autoridade Policial da Comarca, o Delegado de Polícia nível Especial, Dr. Diêgo Candian Alves  e pelo comandante do Pelotão, Subtenente Marco Aurélio Knaip. Foram cumpridos 07 (sete) mandados de busca e apreensão, expedidos pela M.Mª Juíza de Direito da Comarca, Dra Alinne Arquette e com o parecer favorável do Promotor de Justiça, Dr. Cláudio Cerqueira,  em desfavor de 07 (sete) residências, locais suspeitos de mercancia de drogas ilícitas e de armas de fogo. No decorrer das operações, os policiais lograram êxito de localizar e arrecadar 99,15 (noventa e nove e quinze )gramas de cocaína, dividida em 04 papelotes, já destinados à venda,  bem como 2,606 kg (dois quilos e seiscentos e seis gramas) de maconha, na qual eram vendidos em Pedra Dourada.  É considerada a maior apreensão de maconha na história de Pedra Dourada e da Comarca de Tombos. A cocaína foi encontrada na residência de um homem, com a idade de 53 (cinquenta e três) anos, pai do outro suspeito, tendo aquele declinado que a cocaína pertencia ao seu filho, com a idade de 21 (vinte e um) anos. Todavia, denúncias anônimas davam conta de que pai e filho encontravam-se, de forma associada, vendendo muita quantidade de entorpecente naquela cidade. Já a maconha estava na residência de um jovem de 33 (trinta e três) anos, sendo que este suspeito alegou que referida droga pertencia ao homem de 53 (cinquenta e três) anos, patrão deste autor. Foram também arrecadadas uma motocicleta, de origem duvidosa, bem como uma motosserra, além de aparelhos celular e pen drive. Os três autores foram presos em flagrante delito e encontram-se na Unidade Policial de Tombos, para deliberações cartorárias de praxe e à disposição da Justiça. Segundo a Autoridade Policial de Tombos, Dr. Diêgo Candian Alves, "os autores já estavam sendo investigados por tráfico de entorpecentes e, graças às denúncias anônimas, conseguimos apreender essa grande quantidade de drogas que, para o porte de Pedra Dourada, é considerada relevante. Agradeço à população douradense que sempre encontra-se trabalhando com a Polícia, ainda que de forma anônima". Participaram da operação: Dr. Diêgo​, Escrivão Wagner D. Júnior​, Danilo, Claudio​, Danila, Eder​, Walber​, José Carlos, Saint Clair,  SubTenente Knaip, Telles​, Montenegro​, Melo, Passos, Fernando, Silva, Marcos​, Daniel​, Alan​, Portella, Marques.  





Fonte: Polícia Civil de Tombos/MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário