EMATER ALERTA PARA O AGRAVAMENTO DOS EFEITOS DA ESTIAGEM NO MEIO RURAL

O município de Tombos esta vivenciando hoje uma das maiores secas já registradas na história recente. Os dados apurados indicam que após um longo período de estiagem entre os meses de abril a novembro de 2014, ocorreram chuvas significativas somente entre a primeira quinzena de novembro e a segunda quinzena de dezembro do ano passado. O mês de janeiro de 2015 registrou apenas 5% da precipitação esperada que seria de 246 mm, ou seja, foram somente 12 mm acumulados, agravado por uma temperatura em torno de 4 graus acima da média. O mês de fevereiro registrou até o momento poucas chuvas, assim mesmo de forma isolada, não atingindo de forma abrangente todas as regiões da cidade. A EMATER-MG visitou diversas propriedades em todas as comunidades rurais, visando realizar um levantamento sobre a situação atual e os efeitos causados por este fenômeno que vem assustando a população, principalmente os moradores da zona rural. A situação é grave e causa bastante preocupação, principalmente nas comunidades situadas na região mais baixa como Serra dos Quintinos, Córrego dos Pereiras, Chave Santa Rosa, Tabuleiro, Sete Voltas, Gaviãozinho, Usina, Bom Sucesso, São Pedro, Vinhático, Água Limpa e Serra Queimada. Em diversas propriedades as pastagens estão degradadas e já não existe água para alimentação dos animais, sendo necessária o transporte do gado para outras regiões ou a construção emergencial de bebedouros. Cerca de metade das nascentes já secaram ou estão em processo de diminuição gradual, comprometendo a irrigação de alguns cultivos e até mesmo para o fornecimento humano. Abaixo relacionamos a estimativa de perda e os prejuízos já causados relativo aos últimos 60 dias, considerando as principais atividades agropecuárias :

PRODUTO
PRODUÇÃO EM CONDIÇÕES NORMAIS
PRODUÇÃO OBTIDA ATUALMENTE
% DE PERDA OCORRIDA
PREJUÍZO ESTIMADO R$
LEITE
15 MIL LITROS/DIA
9 MIL LITROS/DIA
40
288.000,00
MILHO
500,0 TONELADAS
25,0 TONELADAS

95
200.000,00
* CAFÉ
24 MIL SACAS
19.200 SACAS

20
1.440.000,00
TOTAL
1.928.000,00
* Previsão atualizada da safra 2015

Uma das principais causas da diminuição das águas, além da irregularidade das chuvas, deve-se em parte a resistência de alguns agricultores(as) em realizar procedimentos para captação de águas das chuvas, visando aumentar a infiltração de água no solo e desta forma alimentar as nascentes, principalmente em áreas de pastagens. No ano passado a EMATER-MG realizou um dia de Campo com atividades práticas relacionadas a construção de caixas de retenção e curvas de nível em lavouras de café e pastagens, tendo como principal objetivo recomendar diversos procedimentos visando promover uma conscientização para a adoção destas práticas, dentro da legislação ambiental pertinente. A EMATER-MG estará encaminhando ao poder executivo um relatório sobre a situação da seca na cidade e já sinaliza a indicação para decretação de estado de emergência caso a situação não se normalize nos próximos dias, visto que as previsões não são animadoras em virtude de novos bloqueios atmosféricos que ainda impedem a formação de nuvens, fazendo desta forma com que os agricultores possam negociar suas dívidas e receber benefícios diversos que diminuam ou amenize os problemas constatados.

" O agricultor Joaquim Cherigate observa uma nascente completamente seca que anteriormente abastecia 3 casas"


" A EMATER-MG orientando sobre captação de águas de chuvas para aumentar a infiltração de água no solo"

" As comunidades mais baixas sofrem com mais intensidade os efeitos da estiagem prolongada"


"O café já apresenta maturação desuniforme e formação de grãos chochos, comprometendo a produção"


"lavouras de café adultas não estão resistindo a falta de chuvas e começam a murchar, num cenário desolador"

" A formação de pastagens de forma irregular favorece a diminuição das águas além de provocar erosão"


" lavouras de café recém plantadas não resistem a seca insistente, constatando-se uma perda total "


" Depois de ver a água secar a unica opção de algumas famílias é a perfuração de poços artesianos"


" O agricultor Nirlei Bandoli observa local de fornecimento de água ao gado completamente seco"


"Em algumas propriedades a pouca água que resta esta sendo dividida para alimentação animal e humana"


"Lavouras de milho completamente perdidas para grãos, sendo aproveitadas para alimentação do gado"

Nenhum comentário:

Postar um comentário