PRESOS SUSPEITOS DE ALICIAR MENORES EM TOMBOS


A 38ª DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE TOMBOS - MG, com o apoio do PELOTÃO DA POLÍCIA MILITAR local, cumpriram, ontem, três mandados de prisão preventiva, expedidos pelo Juízo da Comarca de Tombos e solicitados pela Autoridade Policial da Comarca, Dr. Diêgo Candian Alves, em desfavor de quatro jovens, suspeitos de prática de crimes descritos nos art. 213 §1ºc/c art. 217-A do Código Penal e art. 244-B do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Segundo as investigações, os detidos são suspeitos de terem violentado uma adolescente, na época com 15 (quinze) anos de idade,  juntamente com outros menores . A vítima foi submetida ao exame de corpo de delito, o qual constatou crime contra a dignidade sexual, além do que há, nos autos, relatos de testemunhas, as quais atestaram a adolescente chegar em casa suja de sangue e fezes.

Os atos sexuais ocorriam  em um porão de uma casa abandonada, numa rua do bairro Quebra Copos. Ao ser cumprido mandado de busca e apreensão no local, os policiais lograram êxito de encontrar e arrecadar diversos preservativos, uns abertos, outros lacrados, além da blusa da menor que, na Delegacia de Polícia, foi reconhecida por ela e por sua representante legal. 

Segundo o Delegado de Polícia da Comarca,  um desses presos já estava sendo investigado pela prática de tráfico de drogas ilícitas, no portão da Escola Ilka Campos, além de corromper menores de idade, ao lhes distribuir entorpecentes. Referida escola fica poucos metros do Pelotão da PM e da Delegacia da Comarca, o que demonstra a audácia desse investigado, ao acreditar na impunidade. 

Segundo as apurações, dois investigados aliciaram outras menores de idade, dentre elas, uma garota de apenas 13 (treze) anos que também foi inquirida em cartório.

Fonte: Polícia Civil de Tombos - MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário