sábado, 29 de novembro de 2014

Alagamentos em Tombos e Porciúncula causam preocupações aos moradores


Assista ao vídeo no qual mostra a Cachoeira de Tombos diante da cheia do rio

Se os rios a mais ou menos um mês atrás estavam causando preocupações por sua escassez, hoje os mesmos estão causando preocupações também, mas não pela seca, e sim pela cheia. Moradores ribeirinhos de Tombos e Porciúncula acordaram na manhã deste sábado (29) com uma grande surpresa. Devido as fortes e demoradas chuvas no percorrer da semana, o resultado derivou-se em enchentes que em alguns pontos chegaram a atingir ruas e avenidas.

Beira - Rio / Tombos

Rua de Porciúncula (casa cercada pela enchente)
Em Tombos, em locais onde a água está atingindo pontos críticos e adentrando às casas de moradores, a Prefeitura Municipal começou a tomar medidas para evitar que os móveis e materiais dos munícipes não fossem molhados. Fora disponibilizados cavaletes e andaimes que resultam na suspensão dos materiais.

Já em Porciúncula, a Prefeitura Municipal também já começou a mobilizar os cidadãos e tomar medidas que amenizem a situação.


Hoje, também foi dia da natureza mostrar o seu esplendor. A Cachoeira de Tombos estava tão cheia e com tanta força que quase não conseguimos avistá-la. Para se ter ideia, naquele ponto bem próximo a escultura dos índios, não há como chegar sem se molhar todo. A câmera ficou completamente encharcada (e eu também).


O que ainda é preocupante são as chuvas que não dão trégua. Ainda há previsão para este Sábado (29), domingo (30) e segunda (1). Sendo assim, mobilizamos a todos os moradores a ficarem em sinal de alerta para que não haja correria e apavoramento.

Traremos mais informações no decorrer deste período. Enquanto isso, fique com algumas fotos de vários pontos da cidade.









































3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Que alegria ver o nosso rio vivo!
    Minha terra sempre teve enchentes nas ruas à beira do rio eu me lembro.E a cachoeira sempre foi linda e cheia.Quando a vi ,nos últimos tempos sequinha me deu vontade de chorar.Estou feliz agora.

    ResponderExcluir