terça-feira, 29 de julho de 2014

3 mandados de prisão preventiva mediante furtos em Tombos

A 38ª Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Tombos e o Pelotão da Polícia Militar cumpriram, no sábado dia 26 de julho e na segunda, dia 28/07,  do corrente ano,  03 (três) mandados de prisão preventiva  em desfavor de 03 (três) investigados, por crimes de furtos ocorridos na cidade de Tombos. Foi também cumprido um mandado de busca e apreensão contra um dos suspeitos.

As presentes investigações iniciaram-se a partir de denúncias anônimas, prestadas por populares de Tombos, noticiando envolvimento de dois suspeitos em crimes de tráfico de entorpecentes e furtos ocorridos nessa cidade. Diante disso, a Autoridade Policial da Comarca de Tombos, Dr. Diêgo Candian Alves, representou pela expedição de mandados de busca e apreensão, culminando, posteriormente, no desencadeamento da "OPERAÇÃO LIMPEZA", onde foram apreendidos bens com suspeitas de furto e na prisão em flagrante de um receptador, com a conseqüente conversão em prisão preventiva, pois, em sua posse encontravam-se produtos derivados de furto, tendo como vítimas a PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMBOS e um senhor com a idade acima de 60 (sessenta) anos.

O furto ocorrido contra a PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMBOS, ocorrera, mediante arrombamento, possivelmente dentro do feriado de Corpus Christhi, no depósito da referida prefeitura, enquanto que o furto que vitimou o sr. de idade, ocorrera na madrugada do dia 25/06/2014, na zona rural dessa cidade. Segundo as investigações,  os investigados subtraíram uma motosserra marca Sthil; uma roçadeira marca Stihl e  uma moto poda marca Stihl, tendo como vítima o MUNICÍPIO DE TOMBOS e uma bomba dágua, pertencente à vítima JSF. 

Um dos autores arquitetou toda a trama delituosa, tendo efetuado o pagamento da quantia de R$ 290,00 (duzentos e noventa reais) para que seu comparsa pudesse, mediante arrombamento, furtar bens de propriedade da Prefeitura Municipal de Tombos, cujo valor ultrapassa o valor de R$ 1000,00 (mil reais). Posteriormente, os suspeitos transportaram os bens, entregando-os para o indiciado da receptação, tendo este ocultado tais bens, em sua oficina.

Foram os investigados presos e indiciados no art. 155 §4º I e IV (furto qualificado mediante arrombamento e concurso de pessoas) e no art. 155 § 1º (furto noturno) do Código Penal e encontram-se à disposição da Justiça, no Presídio de Tombos.

Bomba de Água

Roçadeira

                                                                               
                                                                                  Fonte: Polícia Civil de Tombos 

Nenhum comentário:

Postar um comentário