Cemig é reconhecida como líder mundial em sustentabilidade


A Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig recebeu o status de Prime da agência alemã Oekom-Research, pelo terceiro ano consecutivo, classificando a Concessionária como uma das líderes no setor de utilities mundial, que engloba as empresas prestadoras de serviço de energia elétrica, distribuição de gás, saneamento e outros serviços de utilidade pública.
Com a classificação Prime, a Cemig se qualifica a receber investimentos das instituições que consideram os critérios da Oekom. Somados, os investimentos dessas instituições representam 520 bilhões de euros. De acordo com o gerente de Responsabilidade Ambiental e Social, Ricardo Prata, iniciativas como as usinas solares fotovoltaicas do Mineirão, em funcionamento, e de Sete Lagoas, em implantação na Região Metropolitana de Belo Horizonte, demonstram a prática de sustentabilidade da Cemig.
“As discussões globais que envolvem as mudanças climáticas se intensificam a cada ano. E essa movimentação faz com que a Cemig dê atenção especial ao desenvolvimento e à consolidação de uma matriz energética predominantemente renovável”, destaca.
A avaliação das empresas conduzida pela Oekom considera a responsabilidade das organizações com relação à sustentabilidade social, cultural e ambiental, e analisa as informações públicas disponíveis em relatórios anuais e websites que refletem a atuação das companhias.
O status de Prime é concedido às empresas consideradas líderes mundiais em seus setores industriais e que atendem aos padrões específicos de sustentabilidade. No caso da Cemig, o rating obtido classifica a Empresa como uma das líderes no setor de utilities mundial, que engloba as prestadoras de serviço de energia elétrica, distribuição de gás, saneamento e outros serviços de utilidade pública.

Mais informações podem ser obtidas no site da Oekom-Research.

Reconhecimento
A Cemig é uma referência na economia global, sendo reconhecida por sua atuação sustentável. Há 14 anos consecutivos, faz parte do Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI World), mantendo-se como a única empresa do setor elétrico da América Latina a integrar esse índice desde a sua criação, em 1999. A Cemig também foi selecionada, no ano passado, pela nona vez consecutiva para compor a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da Bolsa de Valores de São Paulo (BM&FBovespa). Destaca-se, ainda, a participação da Companhia, pela quarta vez consecutiva, na carteira do Índice Carbono Eficiente (ICO2), da BM&FBovespa/BNDES

Nenhum comentário:

Postar um comentário